terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Cuidados para viajar com seu animal de estimação

Viagem com seu pet sem preocupação!

Fique atento aos cuidados necessários para garantir uma viagem tranquila e confortável ao seu melhor amigo durante as férias de verão pet

 

A viagem de férias já está sendo programada e ficou decidido que seu animal de estimação vai curti-la como um legítimo membro da família, ou seja, junto com você.  Para que o trajeto não se torne um pesadelo, a dra. Elaine Pessuto, médica veterinária e diretora do CETAC – Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária, reúne dicas úteis para o período de férias, além de ensinar como montar a mala de viagem do seu melhor amigo.

"Quando as viagens forem feitas de carro o animal deve ter à disposição vasilhas para água, que deve ser sempre fresca ou gelada. As paradas são obrigatórias, para que ele possa sair para urinar e/ou defecar", ressalta a dra. Elaine Pessuto.  

Vale lembrar que o animal nunca deve ser deixado no carro, pois a temperatura interna do carro é sempre maior do que a externa e as chances do pet ter uma crise de hipertermia é grande.

Quando o destino escolhido para a viagem for à praia, antes de viajar seu melhor seu melhor amigo deve receber alguns cuidados extras como a aplicação de medicamentos contra pulgas e carrapatos. Além disso, ele deve tomar uma medicação para combater a Dirofiaria, um parasita interno (nematódeo) que se aloja no coração e é transmitido por mosquitos.  "Assim quando estamos indo para áreas onde a concentração de mosquitos é grande devemos levar nosso animal a um veterinário para que ele oriente sobre como medicar. O verão é a estação propicia para o aparecimento de pulgas e mosquitos", reforça a veterinária.

Os medicamentos contra pulgas e carrapatos continuam válidos em casos de viagens ao campo. "Dependendo da região é aconselhado usar coleiras à base de deltametrina, que repelem o mosquito transmissor da leishmaniose", orienta.

Alguns itens são fundamentais para compor a "mala de viagem" do seu melhor amigo, como um bebedouro especial para viagens, daqueles portáteis. Incluir a cama ou os cobertores que ele está habituado na bagagem também ajuda a evitar estresse e incômodo para dormir.   "Leve a ração que seu animalzinho está acostumado. Devemos contar com a possibilidade de não encontrarmos na cidade e assim evitamos transtornos gastroentéricos devido a troca abrupta de dieta", explica.

 

E para diminuir o estresse do seu pet durante a viagem, tome nota:

           Muitos animais vomitam durante a viagem, por isso evite alimentá-lo ou dê apenas pouca ração;

           Para deixar a caixa de transporte mais confortável, forre o interior com panos ou jornais. Coloque também um brinquedinho de que ele goste ou um tecido com seu cheiro dentro da caixa.

           No caso de transporte por carro, a cada a duas ou três horas dê água para o seu animal e deixe-o sair para andar um pouco e fazer suas necessidades;

           Se parar o carro por algum tempo, jamais deixe seu companheiro dentro quando estiver sol ou muito calor. Os cães não conseguem dissipar o calor transpirando como nós, podendo chegar ao óbito;

           Antes de viajar com o seu animal, providencie uma plaqueta com seu nome, endereço e telefone, e coloque-a na coleira dele. Também vale a pena adicionar o nome e telefone do hotel em que você ficará hospedado.

 

Dra. Elaine Pessuto - CRMV 20060

CETAC – Centro de Ensino e Treinamento em Anatomia e Cirurgia Veterinária

Rua Castro Alves, nº 284 – Aclimação

Tel.: (11) 2305-8666

www.cetacvet.com.br

 

Informações à Imprensa

PMP Press

Tel.: (11) 3801-9103

Cel.: (11) 99936-4194

e-mail: pmpassessoria@uol.com.br


Nenhum comentário: