quinta-feira, 8 de março de 2012

UM PASSEIO SEM VOLTA (Precisa de um lar!!) Santo André/SP

 Um passeio sem volta 

Uma volta de carro... O que poderia ser um passeio...

Abrem a porta e me jogam numa calçada a ermo. Tudo que me absorveu nos instantes seguintes foi a escuridão que silenciava uma surpresa e um temor incontrolável. O som do carro foi-se indo como o final de uma musica triste que emudece-nos. O que fazer quando minha deficiência visual não me permitia alcançar o aspecto do espaço físico que meu frágil corpo, já deflagado pelo tempo, ocupava, quanto mais me permitir alcançar uma luz de compreensão do de ser abandonado? Porque? Quanta covardia e quanto desamor teve meus donos ao me descartarem para o incerto, para os perigos que iriam cercar minha realidade a partir de então? Tristeza imensa esta a da espera... espera da volta deles; e, imenso é o vazio de descobrir-se não amado... Descobrir-se mergulhado no meu ingênuo engano. Me iludi ao pensar ser importante para alguém! Caminhar pela escuridão... o vazio e o medo que se apossaram no meu coração me levaram a cair num buraco (do parque) como se fosse meu próprio túmulo, e, se fosse encontrado, que parte do meu ser ressuscitaria dali e qual outra parte permaneceria naquela cova?

Não tive forças para latir tamanha minha tristeza... Tão imenso o meu abandono! Antes tivessem me matado, a dor seria menor!

Os que dizem que cão não chora não entendem que a dor cai como punhal na mesma intensidade em todos os corações, até mesmo no minúsculo ser. Quem me garante que as pedras não choram, quem?

Ser encontrado foi um alívio, bem sei. Mas, continuo rejeitado, sendo um estorvo na vida de um ser  que não me quer e ainda não consegue alcançar o mais pleno dos sentimentos: O AMOR.

Quem poderá arrancar minha dor com os laços da verdadeira essência de DEUS? E quem estará predestinado a me guiar e ascender a LUZ que me falta?

Vou acreditar... Vou esperar este anjo que me acalantará e me fará crer que vale a pena viver e ser verdadeiramente amado como uma das criações do DIVINO, pois, para o PAI Celestial somos todos os seus filhos.

Queridos amigos da proteção, este idosinho deficiente precisa ser adotado!!! Precisa de um cantinho seguro para que possa viver sua velhice com dignidade!

Peço-lhes encarecidamente que enviem este meu email para os seus contatos, postem no face, nos sites, nos blogs e com fé de que um Anjo virá ao encontro deste peludinho.

Muito obrigada!

Carinhosamente,

Rozana Salles - Santo André - SP.

Tel: 83878869

Email: rozalles21@gmail.com

 

Nenhum comentário: